Página:A Patria Brazileira.djvu/361

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
141 —


S:

Marquez do 3Iaranhão.

Nosso primeiro Almirante foi Lorcl Gocbrane, inglez, a quem o Governo Brazileiro, convidara, em 1822, por occasião das liictas da independência, para organizar e dirigir a nascente Armada Nacional.

Nome prestigioso, velho marinheiro coberto de glorias, prestou desde logo, como já vos dissemos, relevantes serviços, pelos quaes foi distinguido com o titulo de Marquez do Maranhão.

A propósito, relataremos aqui uma commovente cerimonia, realizada em Londres em Junho de 1901. Chegando á Inglaterra o encouraçado hrazileiro Flo/′iano, que viajava em visita de cumprimentos a diversas nações européas, a commissão de oífíciaes que foi á grande Capital resolveu, por iniciativa do Ministro brazileiro alli, D′′ Joaquim Nabuco, prestar uma significativa homenagem á memoria de nosso primeiro Almirante, cujo corpo se acha no chão de uma das naves da imponente Abbadia de AVestminster, sob um mármore com inscripções relativas aos titulos e méritos do valente marinheiro, tendo nos quatro cantos as armas do Brazil, do Chile, do Peru e da Grécia, paizes a cujas independências prestara valioso auxilio.

Para a circumstancia, decorou-se o tumulo com a bandeira brazileira e flores e palmas com as cores nacionaes, congregando-se em torno numerosa e selecta assistência, de que faziam parte descendentes de Lord Cochrane, representantes do Governo Britannico e da alta sociedade ingleza, o pessoal da Legação Brazileira, o Capitão de Mar e Guerra Huet de Bacellar, Commandante do Floriano e respectiva