Página:Archivo nobiliarchico brasileiro.djvu/18

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Acclamado Imperador do Brasil, a 12 de Outubro de 1822, foi corôado e sagrado a 1 de Desembro do mesmo anno.

Succedeu no throno de Portugal, em 10 de Março de 1826 a seu Pae, El-Rei Dom João VI, como Dom Pedro IV, do nome, sendo o 28º Rei de Portugal, 22º Duque de Bragança etc., e reconhecido legitimo herdeiro da Corôa pela Regencia do Reino, em 26 de Abril de 1826, e pelas Côrtes Geraes da Nação. Nessa qualidade outhorgou a Carta Constitucional de 29 de Abril de 1826 e abdicou a corôa em sua filha primogenita a Senhora Dona Maria II, da Gloria, em 2 de Maio de mesme anno. —

Aos 7 de Abril de 1831 tambem abdicou a Corôa Imperial em seu filho o Senhor Dom Pedro II, partindo do Rio de Janeiro para a Europa, no dia 14 pela manhan, a bordo da corveta Inglesa Volage, commandada por Lord Colchester.

Sob o titulo de Duque de Bragança, como pae, tutor e natural defensor dos direitos de Dona Maria II á corôa de Portugal, que lhe era disputada por seu tio o Infante Dom Miguel, a 3 de Março de 1832 proclamou e assumiu a Regencia, que exerceu até o dia 19 de Setembro de 1834, em que foi declarada pelas Côrtes a maioridade da Rainha Dona Maria II que logo no dia seguinte assumiu a direcção do governo como 29ª Reinante de Portugal.

Possuia o Senhor D. Pedro I, as seguintes condecorações: Grão-Mestre das Imperiaes Ordens, de Pedro I, do Cruzeiro e da Rosa, por elle instituidas; Grão-Mestre das Ordens de Nosso Senhor Jesus Christo, de S. Bento de Aviz; de S. Thiago da Espada e da Antiga Ordem da Torre Espada; Gran-Cruz das Ordens de Nossa Senhora da Conceição de Villa Viçosa, de Carlos III, Isabel a Catholica; de S. Luiz, de França; Santo Estevão, da Hungria, e da Antiga e Muito Nobre Ordem da Torre Espada do Valor. Lealdade e Merito; Cavalleiro da Insigne Ordem do Tosão de Ouro; do Santo Espirito e São Miguel, da França.

Casou em primeiras nupcias, a 13 de Maio de 1817, com a Princesa Dona Maria Leopoldina, Josefa, Carolina, Archiduquesa d'Austria, que nasceu, a 22 de Janeiro de 1797, e falleceu no Rio de Janeiro, a 11 de Desembro de 1826, segunda filha de Francisco I, Imperador d'Austria.

Passou a segundas nupcias, em 2 de Agosto de 1829, com a Princesa Dona Amelia, Augusta, Eugenia, Napoleão de Beauharnais que nasceu a 31 de Julho de 1812, Imperatriz viuva que falleceu em Lisbôa a 26 de Janeiro de 1873, e era filha do Principe Eugenio de Beauharnais, Duque de Leuchtenberg e Principe de Eichstätt, e da Princesa Dona Augusta Amelia, filha de Maximiliano I, Rei da Baviera, e da Rainha Dona Maria, Guilhermina, Augusta, Princesa de Hessen-Darmstadt.