Página:As mulheres de mantilha.djvu/30

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
— 26 —

gada, era de costume a reunião dessas sociedades no grande pateo do convento de Nossa Senhora da Ajuda. Alli se terminava a festa, a folia de cada uma das duas noites pelas razões mais justas e convenientes.

Em primeiro lugar essa concentração das sociedades dos Reis no pateo do convento da Ajuda era moda no seculo passado e a moda é lei; em segundo o presepe do convento da Ajuda passava por ser o mais famoso ou pelo menos um dos mais famosos da cidade, e portanto attrahia numerosa concurrencia; em terceiro as freiras da Ajuda erão, como ainda hoje o são, habilissimas e delicadas mestras de doces e de empadas, que então não poupavão ao regalo das sociedades, que recebião os presentes em taboleiros e bandejas cobertas com riquissimas toalhas perfumadas; em quarto e ultimo lugar era de costume que o pateo do convento da Ajuda se transformasse nessas noites em outeiro poetico; as freiras que estavão ás grades davão motes e muitos bons e máos poetas glozavão de improviso.

Por todas estas razões as boas sociedades de cantatas dos Reis se reunião de accordo no pateo do convento da Ajuda, quando muito além da