Página:As mulheres de mantilha.djvu/86

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
— 82 —

— Deixei-te naquelle quarto porque me convinha que não te vissem hoje em minha casa: muito me serviste hoje; mas se te encontrassem aqui, não poderias servir-me amanhã; pois adivinharião em ti o amigo, que ha tempo me poz ao facto de quanto se passou no pateo do convento da Ajuda.

Angelo curvou a cabeça e disse:

— Entendo; pensaste bem em ti mesma, zelando o teu espião.

Maria encrespou os supercilios, e fallou em tom severo.

— Tens vinte e sete annos, Angelo, e aos vinte e cinco, na idade em que o homem deve assumir uma posição na sociedade, eras o filho mimoso de pais sem fortuna, um pobre moço sem officio, sem o habito do trabalho, e portanto um condemnado ás provações dos desvalidos; eu te encontrei, te distingui e te amei porque eras e és bello; fiz por ti o que teus pais não poderião fazer.

— Mas eu tambem te amei, Maria!

— E o amor é fogo que se apaga.....

— O teu.....