Página:Contos gauchescos (1912).djvu/213

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

12. Mulher, de bom gênio; faca, de bom corte; cavalo de boa boca; onça, de bom peso.

13. Mulher sardenta e cavalo passarinheiro... alerta, companheiro!...

14. Se correres eguada xucra, grita; mas com os homens, apresilha a língua.

15. Quando dois brincam de mão, o diabo cospe vermelho...

16. Cavalo de olho de porco, cachorro calado e homem de fala fina... sempre de relancina...

17. Não te apotres, que domadores não faltam...

18. Na guerra não há esse que nunca ouviu as esporas cantarem de grilo...

19. Teima, mas não apostes; recebe, e depois assenta; assenta, e depois paga...

20. Quando ‘stiveres pra embrabecer, conta três vezes os botões da tua roupa...

21. Quando falares com homem, olha-lhe para os olhos, quando falares com mulher, olha-lhe para a boca... e saberás como te haver...

·
·
·
·
·
·
·
·
·
·
·
·
·
·