Página:Diccionario bio-bibliographico cearense - volume primeiro.djvu/31

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Aggravando-se-lhe os encommodos de saude, teve que deixar seu querido Bispo e depois de demorar-se algum tempo em tratamento no Rio e na Bahia, estabeleceu-se em Janeiro de 1901 no Seminário de Olinda, procurando segunda vezo restabelecimento de sua saude nos bons ares d’aquella cidade. Desse Seminário toi Professor e Vice-Reitor.

E’ actualmente vigário de uma das freguezias do interior da diocese Pernambucana, Garanhuns creio, tendo-o sido anteriormente da de Villa-Bella.

Conheço delle:

Noticia das freguezias do Ceará visitadas pelo P.e José de Almeida Machado nos annos de 1805 e 1806 extrahida de um livro de Devassas que serviu na visita. Está publicada na Revista do Instituto do Ceará, tomo 16º.


Affonso de Alencastro Graça (Contr’almirante) — Filho do Cons.º José Pereira da Graça, Barão do Aracaty, nasceu na cidade de Quixeramobim a 6 de Março de 1849.

Matriculou-se na Escola Militar em 1865 e conquistou durante o curso o 1.º logar entre seus collegas.

Capitão de mar e guerra, por merecimento, a 9 de Agosto de 1894, occupa hoje o alto posto de Contr’Almirante. Também foram por merecimento suas promoções a capitão tenente e a capitão de fragata.

Como 2.º tenente, serviu de professor de historia e tactica naval, hydrographia e direito internacional á turma de guardas marinha de 1871 e 1872 em viagem aos Estados Unidos e á Europa; como 1.º tenente, foi professor de direito internacional maritimo nas viagens de instrucção realisadas nas corvetas Vital de Oliveira e Nicteroi em 1877 e 1880.

Em Novembro de 1881 foi escolhido para fazer parte da commissão de reforma de signaes sob a presidência do capitão de fragata Saldanha da Gama e em 1882 exerceu o cargo de secretario do capitão de mar e guerra Carneiro da Rocha, incumbido de inspeccionar os estabelecimentos navaes e navios da Armada desde o Espirito Santo até Manáos. Foi 2.º commandante dos cruzadores « Almirante Barroso » e « Guanabara »

12