Página:Diccionario bio-bibliographico cearense - volume primeiro.djvu/72

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


luctas de 1824 ás quaes poz triste re nate a morte do illustre patriota em S. Rosa, termo do Icó, a 31 de Outubro.

Uma sua irmã, D.ª Isabel Innocencia de Lima, que nasceu na comarca do Crato a 28 de Junho de 1793 e falleceu no engenho Monguba, Pacatuba, a 17 de Janeiro de 1879, era na edade avançada de uma memória admiravel, e narrava com minudencia os acontecimentos cie 1817 e 1824, de que fôra testemunha.

E’ esse o epitaphio gravado no tumulo da esposa de Tristão existente no cemiterio de S. João Baptista, de Fortaleza:

Aqui jaz Anna Triste de Araripe, Viuva de Tristão de Alencar Araripe, Presidente do Ceirá na Confederação do Equador em 1824.

Nasceu em 1789 e Morreu em 1874. Dilexit Patriam et Virtutem coluil.


Antero José de Lima (Mons.or) — Filho de Gabriel José Pequeno Ibiapina e D.ª Antonia Candida de Lima.

Nasceu em Inhamuns—no Povoado de Arneiroz em Dezembro de 1845.

Na edade de 6 annos entrou em escola de primeiras lettras na cidade de Sobral, tendo por Professor Vicente F. de Arruda, depois frequentou em Arneiroz a escola particular de Reinaldo Montalvan, e a publica de Francisco Calassa, ultimando o curso de primeiras lettras na cidade do Icó, sob as vistas do Professor Antonio Joaquim dos Santos.

Fez o curso secundário na mesma cidade do Icó, na aula do Professor publico Montesuma, depois no Tauhá e Collegio de Cajaseiras, e por ultimo no Lyceu de Fortaleza onde fez os respectivos exames sempre com approvações plenas.

Em Outubro de 1864 entrou para o Seminário, frequentando logo o Curso Theologico, e ordenou-se a 6 de Dezembro de 1868.

Todas as ordens desde a Tonsura até o Presbyterado lhe foram conferidas por D. Luiz Antonio dos Santos.

Quando ordenado, seguiu logo investido do cargo de

53