Página:Diccionario bio-bibliographico cearense - volume segundo.djvu/25

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


o attestam muitas producções suas esparsas pelo jornaer,, pianista, e professor de linguas. Falleceu em Fortaleza a 6 de Junho de 18S9, victima de padecimentos cardíacos. Joaquim da Costa Mattos, outr’ora Joa^.m Alves da Costa Mattos—General de Brigada reformado. Nasceu em Icó a 25 de Novembro de 1841, sendo seus paes João Alves da Costa e D.a Senhorinha Alves da Costa Mattos. Assentou praça no Batalhão de Engenharia aquartelado na Capital do Império a 17 de Junho de 1861, sendo pro¬ movido a 2.° Tenente de Artilharia, por serviços relevantes, a 30 de Outubro de 1867, e graduado no posto de 1.° Te¬ nente a 14 de Abril de 1871, sendo nelle confirmado a 14 de Maio de 1881. A 31 de Outubro de 1885 foi graduado no posto de Capitão do Estado-Maior de 2.* classe, corpo para que fôra transferido em 1880, e foi confirmado no dito posto a 3 de Julho de 1886. A 17 de Março de 1890 foi , promovido a Major e graduado em Tenente-Coronel a 8 de Abril de 1891, sendo confirmado neste posto a 2 de Junho do mesmo anno. A 12 de Agosto de 1893 foi graduado em Coronel, e promovido neste posto a 5 de Agosto de 1894. Reformou-se em General de Brigada. A sua fé de officio é uma serie brilhante de serviços na paz e na guerra, attestados pelas condecorações seguintes; Official da Rosa, Commendador de S. Bento de Aviz, Ca- valleiro de Christo, medalhas de Merito Militar, com tres passadores, e commemorativas das Campanhas Oriental e do Paraguay. Possuia mais as medalhas da Guerra do Paraguay concedidas pelas Republicas Oriental e Argentina. Exerceu diversas commissões, entre as quaes noto as se¬ guintes : Escripturario do Quartel Mestre General do Exercito, Quartel Mestre da Escola de Tiro do Campo Grande, pri¬ meiro director da Bibliotheca do Exercito, Ajudante da Escola Militar do Ceará, Encarregado do Pessoal junto ao Comman- 13 Digitized by Google Original from UNIVERSITY OF CALIFÓRNIA