Página:Diccionario bio-bibliographico cearense - volume segundo.djvu/411

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


A 3 de Janeiro de 1896 foi nomeado Director das obras militares do Estado do Espirito Santo, voltando, porem, a 6 de Março seguinte ao corpo docente da E. Superior de Guerra e do Colltffio Militar. A 17 de Abril de 1898 foi nomeado coadjuvante do ensino theorico da Escola Militar do Brasil, não chegando, porem, in¬ felizmente, a tomar conta do ensino por já se achar bastanU* enfermo da moléstia de que veio a fallecer pouco depois Foi enterrado no Cemiterio de S. João Baptista, na Capital Federal, havendo sido seu feretro cobeiio pela bandeira nacional e conduzido á mão por grande concurso de amigos, desde a casa de seu irmão Dr .Jayme Benevolo (Vide), na rua Pay- sandú, até da Praia de Botafogo, continuando a carro por causa do adiantado da hora. Ao baixar seu corpo á sepultura fallaram pelo Collegio Militar o Dr. Duque Estrada, e pelo Partido Nacional o Major Dr. Borges Fortes. Com sua morte soffreu o ensino uma grande perda, pois alem de fazer parte do corpo docente das Escolas Militares, exercia o magistério particular sem disto procurar auferir lucros, tendo sido professor do Instituto Kopke e de outros collegios. Uma feição caracteristica de Odilon Benevolo era seu amor acendrado á instrucção popular; grande paue de seus honorários gastava-os em livros para os outros e em auxílios aos que por falta de meios não podiam instruir se. Membro proeminente do Partido Nacional, de que foi um dos fundadores, pertencia ao seu Directorio Central. Odilon Benevolo escreveu x'A Cruzada e na Revista da Familia Acadêmica, publicações da Escola Militar do Rio de Janeiro. Oliveira Sobrinho. —Vide Francisco Antonio de Oliveira Sobrinho. Origenes.— Pseudonyrno do Dr. joão Ribeiro. Oscar Amadeu Lopes Ferreira.—Vide Oscar Lopes 339 Digitized by Google Original from UNIVERSITY OF CALIFÓRNIA