Página:Diccionario bio-bibliographico cearense - volume terceiro.djvu/125

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Severiano Ribeiro da Cunha (Visconde de Cauhipe).— O maior philanthropo que o Ceará produziu.

Nasceu em Cauhipe, junto a Soure, a 6 de Novem¬ bro de 1831 e falleceu de uma lesão cardiaca em Fortale¬ za a 4 de Setembro de 1876.

Foram seus progenitores Felisberto Corrêa da Cunha, brasileiro, e D.* Custodia Ribeiro da Cunha, portuguêsa.

E’ de 1 de Maio de 1873 o Decreto Real fazendo- lhe mercê do titulo de Visconde. A 23 de Outubro o Im¬ perador concedeu-lhe a precisa licença para acceitar o ti¬ tulo com que fôra agraciado, e dous annos depois por Dec. de 17 de Abril fêl-o Commendador da Ordem da Rosa. Alvará de 12 de Maio de 1874 fêl-o Moço Fidalgo com exercicio na Casa Real de Portugal.

D.ª Euphrasia Gouvêa da Cunha, Viscondessa de Cauhipe, com quem casou a 14 de Janeiro de 1860, nasceu em Fortaleza a 16 de Junho de 1836 e falleceu 5 mezes e 5 dias antes do seu esposo. Os restos mortaes de um e outro estão sepultados no cemiterio de S. João Baptista, 1.° pla¬ no, á mão direita, em monumento erguido pelo amor e pie¬ dade de seus filhos que tambem allí descançam: Luísa da Cunha Studart, nascida a 10 de Dezembro de 1864 e falle- cida entre as lagrimas e saudades de seu marido e de seus oito filhos ás 9 horas da noite de 16 de Setembro de 1898, e Luis G. da Cunha, nascido a 12 de Setembro de 1871 e fallecido em Fortaleza a 3 de Julho de 1903, victima de moléstia adquirida no clima inhospito de Manáos, onde exercia o cargo de Guarda-mór da Alvandega.

D.a Euphrasia era filha do Commendador Manoel Caetano de Gouvêa, Cavalleiro de Christo, 1.° Consul Por¬ tuguês no Ceará, onde falleceu a 21 de Março de 1863, ha¬ vendo nascido em Lisbôa a 8 de Maio de 1791, e de sua esposa D.* Francisca Agrella de Gouvêa.

No N.° 7 do Ceará lllustrado encontram-se o retrato ea biographia do benemerito Visconde de Cauhipe. A bio- graphia diz assim:

«Nenhum filho do Ceará tem mais direito a figurar na galeria de seus homens illustres do que o Visconde de 115