Página:Diva - perfil de mulher.djvu/95

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


pura como um anjo, calcava aos pés todas as considerações sociais, todos os prejuízos do mundo! Ela dava-me a maior prova de confiança, e o fazia singela e natural, apenas com uma dignidade meiga de rainha compassiva. Arriscava por mim sua reputação, e nem o mais leve receio-lhe perpassava na fronte serena.

Enfim, Emília dava-me esta entrevista, alta noite, em um ermo, como me convidara para o passeio a Santa Teresa, como me dera a primeira contradança que dançamos, como me daria uma flor, um sorriso, um olhar.

E tinha razão.

Não estava ela em qualquer lugar mais protegida pelo seu pudor celeste do que tantas mulheres desvalidas dele no meio de um salão?


XII


Era uma hora da noite.

Eu esperava Emília com os olhos fitos na janela de seu quarto, as únicas em toda a casa que ainda apareciam frouxamente esclarecidas.

Já te disse que os aposentos de Emília, uma alcova, um gabinete de vestir e uma sala de trabalho, ocupavam a face esquerda do edifício. Desse lado o sobrado apoiava-se a uma escarpa da colina, que lhe servira como de alicerce, e que