Página:Echos da minh'alma.djvu/7

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa





Quando, opprimida por cruel saudade,
A ti piedade com fervor pedi,
De prompto a chaga, pela dor causada,
Cicatrizada no meu peito eu vi.

Do pobre ente, que nem tu sonhavas,
E mal pensavas que existisse então,
Pungentes magoas acalmou, graciosa,
Tua piedosa, bemfazeja mão!

Dês-de esse instante, em florescente palma,
Dentro em minh’alma a gratidão brotou;