Página:Elementos de Arithmetica.djvu/144

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Medidas de capacidade

175. Para escrever um numero qualquer de metros cubicos, decimetros cubicos, centimetros cubicos, etc., escreve-se o numero enunciado collocando a virgula de modo que a cada submultiplo da unidade principal correspondam tres algarismos na parte fraccionaria.

O numero: 57 metros cubicos, 37565623 millimetros cubicot, escreve-se:

B7m8,037565623

176. Para enunciar um numero qualquer de metros cubicos, decimetros cubicos, centimetros cubicos, etc., lê-se em primeiro logar aparte inteira, dando-lhe o nome ãa unidade principal, e dividindo aparte fraccionaria em classes ãe tres algarismos, ãa esquerãapara a ãireita, lê-se cada uma d'essas classes, dando a cada uma ã'ellas os nomes ãe decimetros cúbicos, etc.

Se a ultima classe tiver um sô algarismo, escrevem-se â sua ãireita ãous zeros, e se tiver ãous algarismos escreve-se um zero.

Podemos também lêr a parte inteira, dando-lhe o nome dá uniãaãe principal, e depois a fraccionaria, ãanão-lhe a denominação ãa ultima classe ; ou lêr todo o numero, ãanão-lhe o nome ãa ultima classe.

O numero: 437m3, 358047273 lê-se : 437 metros cubicos, 358 decimetros cubicos, 47 centimetros cubicos e 273 millimetros cubicos; ou 437 metros cubicos e 358047273 millimetros cubicos; ou finalmente 437358047273 'millimetros cubicos.

SYSTEMA MÉTRICO BRASILEIRO ANTIGO

'Relações entre as unidades d'esse systema e as do systema métrico decimal

unidades de comprimento

Uma légua = 3 milhas =5555m,55

Uma milha = 841 ^ braças = 1851m,85

Uma braça = 2 varas = 2™, 2

Uma vara =5 palmos = lc,l