Página:Encadernado da Harvard University sobre a Questão Coimbrã.djvu/19

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
11

Fóra d'essa atmosphera corrupta, e, quando não corrupta, pelo menos esterilisadora, é mais provavel encontrarem-se as condições que precisam para viver e crescer os homens uteis e necessarios ás transformações do espirito humano.

Não é traduzindo os velhos poetas sensualistas da Grecia e de Roma; [1] requentando fabulas insossas diluidas em milhares de versos semsabores; [2] não é com idyllios grotescos sem expressão nem originalidade, com allusões mythologicas que já faziam bocejar nossos avós; [3] com phrases e sentimentos postiços de academico e rhetorico; [4] com visualidades infantis e puerilidades vãs; [5] com prosas imitadas das algaravias mysticas de frades estonteados; [6] com banalidades; [7] com ninharias; [8] não é, sobre tudo, lisongeando o máo gosto e as pessimas idêas das maiorias, indo atrás d'ellas, tomando por guia a ignorancia e a vulgaridade, que se hão de produzir as ideias, as sciencias, as crenças, os sentimentos de que a humanidade contemporanea precisa para se reformar como uma fogueira a que a lenha vai faltando.

Mas fóra de tudo isto, d'estas necedades tradicionaes, é o nevoeiro, é o methaphysico, é o inattingivel—diz v. ex.ª

Todavia, quem pensa e sabe hoje na Europa não é Portugal, não é Lisboa, cuido eu: é Paris, é Londres, é Berlim. Não é a nossa divertida Academia das Sciencias, que revolve, decompõe, classifica e explica o mundo dos factos e das idêas. É o Instituto de França, é a Academia Scientifica de Berlim, são as escholas de philosophia, de historia, de mathematica, de physica, de biologia, de todas as sciencias e de todas as artes, em França, em Inglaterra, em Allemanha. Pois bem: a Allemanha, a Inglaterra, a França, comprazem-se no nevoeiro, são incomprehensi-

  1. Allude as traducções de Ovidio e Anacreonte.
  2. Allude as Cartas d'Echo e Narciso.
  3. Allude á Primavera.
  4. Allude ao Tributo Portuguez na morte de Pedro V.
  5. Allude aos tractados de Metrificação e Mnemonica.
  6. Allude a todas as obras em prosa.
  7. Allude a todas as obras em verso.
  8. Allude a todas as obras junctas, prosa e verso.