Página:Espontaneidades da minha alma.djvu/81

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

— 81 —

Sorrindo-se airosa
Tão meiga e radiosa —
Qu’exprime vaidosa
Só falas d’amor!

Não tem a brancura
Qu’exprime candura
Tão maga e tão pura
Do niveo jasmim —
Nem cravo qu’inspira
O Bardo na lyra
No odor que delira
No rubro carmim! —

Mas todo saudade —
Tem flor d’amizade —
Qu’exprime bondade —
Que tem coração —
Sem ter o que encerra
Nos odios e guerra
Do mundo e da terra
D’amarga illusão.


Espontaneidades da minha alma, flourish, 29.png


11