Página:Espumas fluctuantes (corr. e augm.).djvu/269

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
261
ESPUMAS FLUCTUANTES


MENINA E MOÇA


N0 ALBLM DE D. MAHIA JOAQUINA DA SILVA FREIRE.)


Menina e moça! Ha no volver das horas
Esta idade ideal e feiticeira;
E quando a estrella expira, e rompe a aurora
Um preludio nos leques da palmeira.

Menina e moça! Ha no viver das flores
Este instante feliz... E quando a rosa
-\o relento das noites perfumadas
Abre o cálix, risonha e curiosa.

Menina e moça! Ha no passar dos annos
Esta estação de amor, quando nas veigas
Fazem-se em flor as folhas sussurantes,
Beijam-se as pombas, arrulhando meigas.

SIPP. l.í.