Página:Espumas fluctuantes (corr. e augm.).djvu/294

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
286
ESPUMAS FLUCTUANTES

2S0 ESPIMAS KLUCTUANTKS


Nos tlieatros, íio sons das harmonias.
\′encio-te a fronte altiva e pereiírina,
I′]u apertava o peito Miurmurando:

— Oh! niata-nie de amoc, mulher divina!

Ainda hontem, á noite, no piano
Os dedos teus corriam no teclado;
lí ás caricias dessas mãos tão lindas
Suspirava e gemia apaixonado.

Depois cantaste, e a ária suspirosa
Veio n′alma accender-me mais desejos;
Dir-se-ia que essas notas eram doces
Como sussurro de amorosos beijos.

Ohl diz-me, di/.-mc que mda posso um dia
De teus laijios!jeher o niel dos céos:
Que eu te direi, nmlher dos meus amores:

— Amar-te ainda é melhor do que ser Deus!