Página:Evocações.djvu/48

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
46


aguçados e picantes, o grosso lábio enervado pela volúpia lethargica.

E como elle se empurpurasse, se enlabaredasse no esplendor triumphal da Arte, esàes odores todos o penetravam, o fascinavam, alertando-o, transíigurando-o para a Escripta, para a Forma.

Era como se saliisse de andar em volta de vasta coivára a arder e viesse d′ella aquecido, com o sangue esporeado, as veias latejando em febre, n′uma sensação intensa de productividade.

Mas, uma vez cabido em frente ao papel branco, que tinha de receber o exuberante póllen do seu espirito, todos esses Ímpetos esses fervores esmoreciam, o calor dessa temperatura artística baixava logo e eil-o então novamente vencido, numa espécie de coma, no adormecimento (jue lhe tolhia sempre o próprio esforço da vontade.

E, súbito, n′aquella espiritual anciedade de natureza impotente, como que a dolorosa e enervante crise olf activa continuava, mais violenta, dava-se o mesmo phenomenal periodo de volúpia capra, nervosa, mental, no qual o sentimento pituitário dominava, impunha-se, avíissalava as outras funcções de modo verdadeiramente estranho,