Página:Fabulas de Esopo.djvu/128

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
128
FABULAS


MORALIDADE.


Por esta espada entendo os homens desalmados e mexequeiros, e que enganão a gente moça por máos respeitos, levando-a a casas de jogo e outras peiores, desviando-os da obediencia de seus paes; porque estes matão mil vezes famas, honras, fazendas alheias, e tambem vidas e almas dos com que tratão juntamente.


FABULA LXI.


O Asno e o Leão.

Encontrando-se em hum caminho o Asno com o Leão, lhe disse: Subamos a hum outeiro, que quero que vejas os