Página:Fabulas de Esopo.djvu/130

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
130
FABULAS


quietos; mas o verdadeiro valente affronta-se de gritar e de ouvir; porque pelas obras, e não pelas palavras, se conhece cada hum. Não está na boca a valentia, no coração consiste, e nos braços, parece-se o homem com o Asno ou com o Leão.


FABULA LXII.


A Gralha e a Ovelha.

Huma Gralha ociosa pousou sobre o pescoço da Ovelha, e alli a repelava, e lhe tirava a lã, picando-a por entre ella. Virou a Ovelha o rosto dizendo: Essa manha ruim e antiga houvereis de deixala esquecer, que podeis ir picar hum rafeiro no pescoço, e matar-