Página:Fabulas de Esopo.djvu/25

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
21
DE ESOPO

nhecendo ter errado, porque elle não os affrontasse infamando-os e divulgando em Grecia sua descortezia, determinárão matalo, e accrescentando hum mal a outro, lhe levantárão certo falso testemunho, porque o condemnárão a ser despenhado: e com muita brevidade, sem lhe valer allegar sua innocencia, foi posto sobre o cume de huma alta roca, e lançado dalli, chegou a baixo em mil pedaços. Todas as Cidades gregas sentirão muito a sua morte, e pouco tardou que Delphos foi destruida em vingança, segundo dizem, desta injustiça e traição.