Página:Fabulas de Esopo.djvu/63

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
63
DE ESOPO.


rém a Rapoza, sem mais esperar, acolheo-se dizendo: Temo que o não saibão ainda, e me matem. Assim se foi, e ficárão as Gallinhas seguras.


MORALIDADE.


Hum cravo tira outro cravo. Por este Gallo póde entender-se o homem sisudo, que quando outro com palavras o quer enganar, dissimula, fingindo que não o entende, e com palavras brandas se defende. Que se o falso encontra homem avisado, quasi sempre cahe nos laços que armou.