Página:Fabulas de Esopo.djvu/70

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
70
FABULAS


vernar, os ricos não distribuirem o que ajuntárão dantes, e cada membro se apartar, morrerão todos, e morrerá o corpo mistico da Republica.


FABULA XXVII.


A Aguia e a Corexa.


A Aguia tomou nas unhas hum Cágado para cevar-se, e trazendo-o pelo ar, e dando-lhe picadas, não podia matalo, porque estava mui recolhido em sua concha. Embravecia-se muito com isto a Aguia, sem lhe prestar, quando chega a Corexa, e diz: A caça, que tomastes, he em extremo boa, mas não podereis gozar della, senão por manha. Disse a aguia que lhe en-