Página:Flora pharmaceutica e alimentar portugueza.djvu/101

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


E ALIMENTAR POUTTJGUEZA. 93 Habita frccuente jurto do Tejo , Mondego , Douro , Minho , e também pelos ribeiros e tapumes húmidos quasi em todo o Reino. Floresce em Junho até Setem^bro. Annual. Cheiro e sabor como os da antecedente, e mais forte, principalmente o cheiro. O nome de Chá Mexicano , que se tem da- do a esta espécie , faz recordar o seu ' anti iro uso , e elogios em lugar do da China : este uso era antigamente mui- to frequente na parte yneridional da Baixa-Saxonia , Baviera , Hungria , e Silesia ; ynas , aleyn de não ter o mere^ cimento do da China , pela sua virtu- de estimulante ^ não se deve fazer dei- te hum uso quotidiano. ^5. Ch. maritimum. Té de ganso marítimo. Folhas assoveladas , semicylindricas ; flores axií- lares , empilhadas j sementes luzidias, hum tan- to negras. Bharm. herva. Caule : levantado, altura de sete até quatorze pollegadas , ás vezes obliquo, ramoso. Folhas : quatro até treze linhas de comprimen- to, semicylindricas, ou também superiormente hum tanto convexas, glabras , succulentas, de hum verde diluido, e algumas vezes côr mista de verde e esbranquiçado. Flores : axillares , rentes , ordinariamente duas até quatro, poucas solitárias. Semente : coberta estreitamente do calyx , no fundo delle debaixo d' huma membranasinha, lentiforme ; tegumento externo negro, luzidio, crustáceo, frágil j embrião filiforme, e náo