Página:Novas Horas Marianas ou Officio Menor da SS. Virgem Maria Nossa Senhora.pdf/125

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
87
DE OUVIR MISSA.


Depois lava os dedos, dizendo: Lavabo, etc. [1].

Lavabo inter innocentes manus meas, et circumdabo altare tuum, Domine, ut audiam vocem laudis, et enarrem universa mirabilia tua. Domine, dilexi decorem domus tuæ. Ne perdas eum impiis, Deus, animam meam, et cum viris sanguinum vitam meam. In quotum manibus iniquitas Lavarei as minhas mãos entre as pessoas innocentes, abraçarei, Senhor, o vosso Altar.

Para ouvir a voz dos vossos louvores, e publicar tambem as vossas maravilhas.

Senhor, eu amei a belleza da vossa casa e o lugar onde reside a vossa gloria.

Meu Deos, não deixeis perder a minha alma com os impios, nem a minha

  1. Lava o Sacerdote os dedos: 1º porque podem haver contrahido suas mãos alguma mancha, e os dedos que hão de tocar o Corpo de J.-C. não podem nunca estar assás limpos; 2º este lavatorio é uma imagem da grande pureza, que se deve ter para offerecer o Santo Sacrificio, e esta reflexão é de S. Cyrillo de Jerusalem, e de outros Padres explicando esta ceremonia da Missa aos recembaptizados. Por isso pede a Deos o purifique das mais leves manchas rezando o Psalmo 24, o qual deve tambem dizer o povo, ou alguma outra oração semelhante, tendo tenção de se unir ao Sacerdote, pedindo a Deos a pureza que necessita.