Página:Novas Horas Marianas ou Officio Menor da SS. Virgem Maria Nossa Senhora.pdf/358

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


ACTO DE DESAGGRAVO.


Prostrado diante de vós, divino Jesus, na presença de quanto ha mais augusto no Céo e na terra, á vista dos Anjos que vos adorão, dos Santos que vos louvão, bemdizem e servem: abysmado no meu nada perante vossa augusta Magestade, venho hoje desaggravar-vos, do modo que me é possivel, de todos os insultos, ultrajes e desacatos que soffreis todos os dias no augustissimo Sacramento de vosso corpo e sangue, maiormente dos que ultimamente soffrestes (nomêe o lugar em que se commetteo desacato; e se fôr no terceiro dia das Quarenta horas, dirá: neste dia de soltura e escandalo). Ferido d'uma viva dór pelas offensas e injurias tantas que se commettem contra esse misericordioso mysterio d'amor, venho, Senhor, em meu nome, e em nome de todos os culpados, com um coração contrito e profundamente humilhado, fazer confissão publica de tantos crimes e iniquidades que a malicia e a ingratidão dos homens contra vós não cessa de commetter; proponho firmemente,