Página:Novas Horas Marianas ou Officio Menor da SS. Virgem Maria Nossa Senhora.pdf/697

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Os que devião estar mais juntos e unidos commigo me abandonárão á violencia dos que se conjuravão perder-me.

Meus inimigos empregavão noite e dia em inventar novos ardis; lançavão-me em rosto falsos delictos, escarnecendo de minhas miserias.

Porêm eu, como se fôra surdo e mudo, os ouvia, nem minha bocca se abrio.

Fiz-me como um homem que nada ouve, nem tem palavras que replicar.

Porque em vós, Senhor, tenho posta a minha esperança; vós ouvireis meus rogos, Deos meu.

Vendo meus inimigo vaciliante minha fortuna, fallavão de mim com insolencia; por isso vos disse que podieis castigar-me, porêm sem deixar-lhes a complacencia cruel de celebrar com baldões minha ruina.

Castigai-me, Senhor, como melhor vos pareça; meu peccado, que sempre tenho presente, é a causa principal de minha dôr, e assim para tudo estou prompto e resignado.

Considerai que não ha rigor excessivo para um peccador como eu, e farei uma profunda confissão de minha maldade.