Página:O missionário.djvu/284

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


que não deixo o emprego, estou aborrecido e cansado, e a D. Cirila, coitada! quer passar o S. João nas praias. Mas a coletoria nada perde. Fica aí o José Antônio Pereira.

E acrescentara, sentando-se numa cadeira, enquanto o Manuel ia escolher os anzóis na caixa:

- Aquilo é uma pérola.

- Não digo que não, disse o Fidêncio, sorrindo, mas...

O coletor atalhara, convencido:

- Homem de toda a probidade. Conheço-o.

Fidêncio não estivera de maré para discutir a pessoa do Pereira, o que ele queria era dar a última novidade.

- Já leu o Baixo Amazonas, senhor capitão?

O coletor não tinha lido; nunca lia aquela folha, porque só assinava o Diário do Grão-Pará, que o Elias lhe mandava por causa das cotações do cacau e da borracha. Demais, que lhe importavam os negócios