Página:Obras poeticas de Ignacio José de Alvarenga Peixoto (1865).djvu/204

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
— 198 —

Estampa na tu’alma a caridade,
Que amar a Deos, amar aos semelhantes,
São eternos preceitos da verdade;

Tudo o mais são idéas delirantes;
Procura ser feliz na eternidade,
Que o mundo são brevíssimos instantes.