Página:Obras poeticas de Ignacio José de Alvarenga Peixoto (1865).djvu/208

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
— 202 —

Mas, ah! que aquella me despreza amante,
Pois sabe que estou preso em outros braços,
E esta não me quer por inconstante.

Vem, Cupido, soltar-me d’estes laços,
Ou faz de dous semblantes um semblante,
Ou divide o meu peito em dous pedaços!