Página:Pacotilha poetica.pdf/107

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
103
zanga lhe causa?


HOMENS

2 E' passardes qual lord
  Para de rico campar,
  E depois vir o caixeiro
  Sem terdes com que pagar!

3 Não verdes certa sujeita
  Na janella empoleirada,
  Dando mostra a todo o mundo
  De ser vossa namorada.

4 E' dizer-vos ella:—-A' noite
  Lá sem falta me tereis;
  E depois — que logração!
  Vós por certo a mereceis.

5 E' quando nas minhas sortes
  Vos sahe alguma asneirinha,
  Que logo as moças malignas
  Soltam sua risadinha.

6 E' passar por ella, e a besta
  Rinchar de satisfação,
  Ao ar atirando as pernas
  Em signal de saudação.

7 O contardes ás meninas
  Vossas acções altaneiras,
  E ellas dizerem por fim
  — Que forte corja de asneiras!