Página:Pacotilha poetica.pdf/144

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
140
Se tem a fama de


SENHORAS

8 De feia, sendo bonita,
  E não é mesmo um descôco?
  Chorai sempre; mas, menina,
  Quem matou vosso cabôclo?

9 De má, que o vosso amantetico
  Diz que não quereis amal-o,
  Pois morreis por um que vende
  Batatas de Cantagallo.

10 Sois feia, porém sois boa,
  Tendes p'ra tudo um geitinho...
  Que não ha quem vos não queira,
  Para ser o seu bemzinho.

11 De má, não sois, mas comtudo,
  Muito má vós pareceis,
  E sendo tão boazinha,
  Não sabeis quanto perdeis!

12 De má! Por isso acho tendes
  Quem para seu desafogo
  Vos deseje ver arder
  Como boneca de fogo.

Pacotilha poetica typographic ornament 42.png