Página:Peregrinaçam 11 67v-73v.djvu/13

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Perigrinaçoẽs de

daly tres ou quatro legoas para a parte do Oeſte, de boa agoada, & de bõ ſurgidouro, & deſembarcando em terra, eſreue nella dezoito dias agaſalhado em choças q̃ ahy ſe fizeraõ, por cauſa dos muytos feridos que leuaua, onde quiz noſſo Senhor que todos tiueraõ ſaude. E daly ſeguimos noſſa derrota para onde leuauamos determinado, Antonio de Faria no ſeu junco grande, & Mem Taborda, & Antonio Anriquez no ſeu; & Pero da Sylua no pequeno q̃ ſe tomou em Nouday, & o Quiay panjão cõ todos os ſeus no que ſe tomou ao ladraõ, em ſatisfação do que tinha perdido, com mais vinte mil taeis que ſe lhe deraõ do monte mayor, de que ſe elle deu por bem pago & ſatisfeito, & todos os noſſos foraõ tambem contentes diſſo por lho Antonio de Faria pedir cõ grande inſtancia, & muytas promeſſas para o diante. E nauegando nòs deſta maneyra, chegamos daly a ſeis dias às portas de Liampoo, q̃ ſaõ duas ilhas tres legoas donde naquelle tempo os Portugueſes fazião o trato de ſua fazenda, que era hũa pouoação que elles tinhaõ feita em terra de mais de mil caſas, com gouernança de vereadores, & ouuidor, & alcaides, & outras ſeis ou ſete varas de juſtiça & officiais da Republica, onde os eſcriuaẽs no fim das eſcrituras publicas que fazião punhaõ, E eu foaõ, publico tabalião das notas & judicial neſta cidade de Liampoo por el Rey noſſo Senhor, como ſe ella eſtiuera ſituada entre Santarem & Lisboa, & iſto com tanta confiança & oufania, que auia ja caſas de tres & quatro mil cruzados de cuſto, as quais todas, aſsi grandes como pequenas, por noſſos peccados foraõ deſpois de todo deſtruydas & poſtas por terra pelos Chins, ſem ficar dellas couſa em q̃ ſe pudeſſe pòr ollos, como mais largamente conrarey em ſeu lugar. E entã̃o ſe verà quão incertas ſaõ as couſas da China, de que neſta terra ſe trata com tanta curioſidade, & de q̃ algũs enganados fazem tãta conta, porque cada hora eſtão arriſcadas a muytos deſaſtres & deſauenturas.

CAP. LXVII.

Do que fez Antonio de Faria chegando âs portas de Liampoo, & das nouas que ahy teue do que paſſaua no reyno da China.


PO r entre eſtas duas ilhas a que os naturaes da terra, & os que nauegão aquella coſta, chamão as portas de Liãpoo, vay hũ canal de pouco mais de dous tiros de eſpingarda de largo, cõ fundo de vinte atè vinte & cinco braças, & em partes tem angras de bom ſurgidouro, & ribeyras freſcas de agoa doce, que decem do cume da ſerra, por entre boſques de aruoredo muyto baſtode cedros, carualhos, & pinheyros manſos & brauos, de que muytos nauios ſe prouem de vergas, maſtos, taboado, & outras madeyras

ſem