Página:Poemas e Canções (Vicente de Carvalho, 1917).pdf/95

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Esta página contém uma imagem. É necessário extraí-la e inserir o novo arquivo no lugar deste aviso.
ARRUFOS
 
I
 

Dizer mal das mulheres e costume
De todo o amante que não foi feliz:
Um coitado mordido de ciume
Tudo maldiz, e se maldiz...
Pois confesso que nisso se rezume
O que fui, o que fiz.

Julguei mal da que adoro e que me adora;
E as mulheres, por perfidas e vis,
A todas condenei de foz em fora...
Fui infeliz... Sou infeliz
Pois com remorso reconheço agora
O que fui, o que fiz.