Página:Poesias (Bernardo Guimarães, 1865).djvu/38

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
— 30 —

     Ou qual perfume que inspira
     Um scismar vago e saudoso;

     Mas quando minh’alma solta
     D’esta prisão odiosa
     Vaguear isenta e livre
     Pela esphera luminosa,

     Irei voando ancioso
     Por esse espaço sem fim,
     Até pousar em teus braços,
     Meu formoso Cherubim.