Página:Til (Volume III e IV).djvu/123

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


e fazendo menção de afastar-se, todavia parou a alguma distância, como se mão invisível lhe sofreasse a vontade. Assim permaneceu com o corpo lançado, a fronte abatida, e a mão fechada a calcar o peito revesso.

— Você não tem medo? replicou a menina vendo-o parado.

— Medo!... murmurou o Bugre. Eu tenho mesmo! E muito!

Com efeito bambeavam os músculos dessa organização vigorosa e atlética; tremiam-lhe as curvas, e todo ele mostrava-se abalado por grande pavor, que derramava em suas feições e no seu gesto uma espécie de alucinação. Parecia que o assombrava temerosa visão ou que o esvairava algum horroroso pensamento.

— Jão, eu lhe peço, Jão, fuja!

— Sim... sim... balbuciou o capanga.