Página:Til (Volume III e IV).djvu/78

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


— Qual! Ela é pirracenta! replicava Afonso rindo-se para animar a irmã. Mas logo, quando eu a pilhar, há de arrepender-se. Eu cá me contento com uma dúzia; e você, Linda?

Assim galhofando, Afonso aplicava alternativamente os lábios e os olhos ao orifício da fechadura, para falar a Berta, e ver se ela dava sinal de o ouvir.

De repente pareceu-lhe que uma sombra se interpunha entre a porta e o toucador; e afirmando a vista reconheceu o vulto de Berta, que oscilava. Cuidou que a menina, para fazer-lhe negaça, estava de brejeira a bambolear o corpinho.

— Lá está ela se faceirando! exclamou Afonso cheio de contentamento.

— Aonde?

Lembrou-se, porém, o moço que Berta