Página:Til (Volume I e II).djvu/243

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


sobre a mesa; recostando-se depois ao portal da entrada, com a perna trançada e a mão no quadril.

— Não ouviu falar no Aguiar, do Limoeiro, não?... Um fazendeiro, que o tal Bugre arrumou com duas facadas, há de andar por uns dous meses?

— Tenho uma ideia, replicou o Gonçalo.

— O negócio deu brado, porque o homem era rico e andava sempre com uma ruma de capangas. Mas o Bugre fez-lhe as contas.

— É um temível!

— Marcado como ele só!

— Nem por isso! observou o Pinta. Mas então é por causa dessa morte que os camaradas vêm prendê-lo?

— O filho do Aguiar dá dous contos a quem filar o meco.

— Já vê que é caça gorda.