Página:Til (Volume I e II).djvu/93

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


— E ainda não foi preso um criminoso de tantas mortes?

— Não é por falta de diligência. Andam-lhe à pista desde muito tempo; e até, se não me engano, ouvi que tinham prometido um prêmio a quem desse cabo dele; mas até agora não se animaram, tal é o terror que inspira.

— Bem razão tenho eu, portanto, de assustar-me, quando um facinoroso desses aparece dentro da fazenda: talvez ande ele rondando a nossa casa.

— Não se lembra disso; mas, se tivesse a audácia, ele ou outro, acharia a casa bem guardada. Demais, aqui lhe deixo um homem para defendê-la. Não é verdade, Afonso?

— Sem dúvida, meu pai. Na sua ausência nada acontecerá!

— Não é por mim que receio, Luís;