Pela ribeira do río

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pela ribeira do río
por Joán Zorro


Pela ribeira do río
cantando ía la dona virgo
     d'amor:
«Venhan as barcas polo río
     a sabor».

Pela ribeira do alto
cantando ía la dona d'algo
     d'amor:
«Venhan as barcas polo río
     a sabor».