Poemas e Canções (Vicente de Carvalho, 1917)/Folhas soltas/VI

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tu, moça; eu, quase velho..
por Vicente de Carvalho
Poema publicado em Poemas e Canções


Tu moça, eu quase velho... Entre nós dois, que horror,
Vinte anos de distância. Entre nós dois, mais nada.
E hoje, pensando em ti, pus-me a sonhar de amor
Somente por que vi por acaso, na estrada,
Sobre um muro em ruína, uma roseira em flor...