Ponderação do rosto, e sobrancelhas de Anarda

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ponderação do rosto, e sobrancelhas de Anarda
por Manuel Botelho de Oliveira


Se as sobrancelhas vejo,
Setas despedes contra o meu desejo;
Se do rosto os primores,
Em teu rosto se pintam várias cores;
Vejo, pois, para pena, e para gosto
As sobrancelhas arco, Íris o rosto.