Que muit'há já que nom vejo

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Que muit'há já que nom vejo
por Dom Dinis


Que muit'há já que nom vejo
mandado do meu amigo,
pero, amiga, pôs migo
bem aqui u mi ora sejo
que logo m'enviaria
mandad' ou s'ar tornaria.
 
Muito mi tarda, sem falha,
que nom vejo seu mandado,
pero houve m'el jurado
bem aqui, se Deus mi valha,
que logo m'enviaria
mandad' ou s'ar tornaria.
 
E que vos verdade diga:
el seve muito chorando,
er seve por mi jurando,
u m'agora sej', amiga,
que logo m'enviaria
mandad' ou s'ar tornaria.
 
Mais pois nom vem, nem envia
mandad', é mort'ou mentia.