Queixei-m'eu destes olhos meus

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Queixei-m'eu destes olhos meus
por João Garcia de Guilhade


Queixei-m'eu destes olhos meus,
mais ora, se Deus mi perdón,
quero-lhis ben de coraçón;
e des oimais quer'amar Deus,
     ca mi mostrou quen hoj'eu vi.
     Ai, que parecer hoj'eu vi!

Sempre m'eu d'Amor queixarei,
ca sempre mi dele mal ven;
mais os meus olhos quer'eu ben,
e ja sempre Deus amarei,
     ca mi mostrou quen hoj'eu vi.
     Ai, que parecer hoj'eu vi!

E mui gran queixum'hei d'Amor,
ca sempre me coita sol dar;
mais os meus olhos quer'amar
e quer'amar Nostro Senhor,
     ca mi mostrou quen hoj'eu vi.
     Ai, que parecer hoj'eu vi!

E se cedo non vir quen vi,
cedo morrerei por quen vi.