Roga-m'hoje, filha, o voss'amigo

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Roga-m'hoje, filha, o voss'amigo
por Dom Dinis


Roga-m'hoje, filha, o voss'amigo
muit'aficado que vos rogasse
que de vos amar nom vos pesasse
e por em vos rogu'e vos castigo
que vos nom pês de vos el bem querer
mais nom vos mand'i, filha, mais fazer.
 
El m'estava em vós falando
e m'esto que vos digo rogava;
doí-me d'el, tam muito chorava,
e por em, filha, rogu'e mando
que vos nom pês de vos el bem querer
mais nom vos mand'i, filha, mais fazer.
 
Ca de vos el amar de coraçom
nom vej'eu rem que vós i percades,
sem i mais haver, mais ganhades,
e por esto, pola mia bẽençom,
que vos nom pês de vos el bem querer
mais nom vos mand'i, filha, mais fazer.