Saludemos la Patria orgullosos

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Saludemos la Patria orgullosos (Saudemos a Pátria orgulhosos) Flag of El Salvador.svg
Letra por Juan José Cañas
Melodia por Juan Aberle


REFRÃO:
Saudemos a pátria orgulhosos
de filhos seus podermos chamar-nos;
e juremos a vida com ânimo,
sem descanso a seu bem consagrar.
(repete)
Consagrar! (repete 4 vezes)
Da paz na dita suprema
sempre nobre sonhou El Salvador;
foi obtê-la seu eterno problema,
conservá-la é sua glória maior.
E com fé inquebrantável o caminho
do progresso se afana em seguir;
por encher seu grandioso destino:
conquistar um feliz futuro.
Protege-o uma férrea barreira
contra o choque de má deslealdade
desde o dia que em sua alta bandeira
com seu sangue escreveu: Liberdade!

REFRÃO

Liberdade é seu dogma, é seu guia
que mil vezes conseguiu defender;
e outras tantas, de audaz tirania
repelir o odioso poder.
Dolorosa e sangrenta é sua história,
mas também excelsa e brilhante;
manancial de legítima glória,
grande lição de espartana altivez.
Não desmaia em sua inata bravura,
em cada homem há um herói imortal
que saberá manter-se à altura
de seu antigo valor proverbial.

REFRÃO

Todos são abnegados, e fiéis
ao prestígio do bélico ardor
com que sempre cortaram louros
da pátria salvando a honra.
Respeitar os direitos alheios
e apoiar-se na recta razão
é para ela, sem torpes manhas
sua invariável, mais firme ambição.
E a seguir esta linha se agarra
dedicando seu esforço tenaz,
em fazer crua guerra à guerra;
sua ventura se encontra na paz.

REFRÃO