Se Deus me leixe de vós bem haver

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Se Deus me leixe de vós bem haver
por Fernão Garcia de Sousa (Esgaravunha)


Se Deus me leixe de vós bem haver,
senhor fremosa, nunca vi prazer
       des quando m'eu de vós parti.
  
E fez-mi o voss'amor tam muito mal,
que nunca vi prazer de mim, nem d'al,
       des quando m'eu de vós parti.
  
Houv'eu tal coita no meu coraçom
que nunca vi prazer, se ora nom,
       des quando m'eu de vós parti.