Senhor do corpo delgado

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Senhor do corpo delgado
por Pêro da Ponte


Senhor do corpo delgado,
en forte pont'eu fui nado!
Que nunca perdí coidado
nen afán, des que vos vi.
     En forte pont'eu fui nado,
     senhor, por vós e por mí!

Con est'afán tan longado,
en forte pont'eu fui nado!
Que vos amo sen meu grado
e faç'a vós pesar i.
     En forte pont'eu fui nado,
     senhor, por vós e por mí!

Ai eu, cativ'e coitado,
en forte pont'eu fui nado!
Que serví sempr'endõado
ond'un ben nunca prendí.
     En forte pont'eu fui nado,
     senhor, por vós e por mí!