Tyray vos la desenganos

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Tyray vos la desenganos
por João de Meneses
Vilancete publicado em 1516 no Cancioneiro Geral de Garcia de Resende.


Outro vilançete seu estando em azamor antes que se fynasse

Tyray vos la desenganos,
nam venhays,
a tempo que nam prestais.

Ja os dias de prestar
a meus males sam passados,
os que fycam por passar
a mais pena condenados.
As desculpas dos culpados
valem mais
qu'a verdade dos leais.

Quem vos manda bem entende,
que me nam podeys valer,
seguyr vosso pareçer,
o seu dela m'o defende.
Vos soltais e ela prende
com synays
de vyda que mata mais.

Deyxastes os olhos ver
e o coraçam amar,
a rrezam, qu'a de mandar,
da vontade se vençer;
Os sentidos padeçer
dores mortayes
e agora m'aconselhais.