Ah, só eu sei

Wikisource, a biblioteca livre
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ah, só eu sei
por Fernando Pessoa


Ah, só eu sei
Quanto dói meu coração
Sem fé nem lei,
Sem melodia nem razão.

Só eu, só eu,
E não o posso dizer
Porque sentir é como o céu,
Vê-se mas não há nele que ver.